COMEC

Notícias

07/06/2019

Comec participa de sessão da Câmara Municipal de Rio Branco do Sul

Foto da sessão da camara

Atendendo a um convite de vereadores do município de Rio Branco do Sul, o presidente da Comec Gilson Santos, participou, na noite desta quinta-feira (06), de uma sessão plenária da Câmara Municipal de Rio Branco do Sul, com o objetivo de debater os problemas e soluções para o transporte coletivo da região.

Durante sua fala, Santos elencou as ações realizadas pela Comec, desde o início deste ano, no município, e compartilhou ideias e projetos que estão na pauta da autarquia. Entre as ações mencionadas, estão as alterações realizadas na linha L71 CTBA/RIO BRANCO DO SUL, que desde o dia 13 de maio, passou a atender a Vila Abrão, no bairro Jd. Paulista, a reorganização da tabela de horários da linha, buscando incluir novos horários e a inclusão de 1 veículo na frota, buscando dar mais comodidade aos usuários.

Santos destacou também o congelamento da tarifa em algumas linhas do município. “Graças ao subsídio garantido pelo Governador Ratinho Jr., de R$150 milhões para Curitiba e Região Metropolitana, conseguimos congelar a tarifa de algumas linhas, entre elas a L11 RIO B.SUL/TAMANDARÉ, que não teve reajuste em 2019”, destacou o presidente.

Outro esforço da autarquia no momento é a articulação de um estudo para que as linhas férreas que cruzam Curitiba e algumas cidades da Região Metropolitana, entre elas Almirante Tamandaré e Rio Branco do Sul, possam ser compartilhadas com o transporte de passageiros. “Já recebemos a anuência da ANTT para este estudo e na próxima semana estaremos reunidos com a CBTU, no Rio de Janeiro. Sabemos que não é uma solução a curto prazo, mas, se realizada, será bastante significativa para a região”, destacou Santos.

O presidente também mencionou as recentes conversar com as prefeituras de Rio Branco do Sul e Itaperuçu, para encontram um terrenos que possa receber um terminal de ônibus que atenda as duas cidades. “Temos em Rio Branco do Sul e Itaperuçu questão demográficas bastante complicadas. Ao mesmo tempo, nossas linhas realizam diversos atendimentos no bairros. A construção de um terminal, possibilitará que linhas menores realizem o atendimento nos bairros e, a partir do terminal, linhas maiores realizem o atendimento até a capital. Isso reduziria tempo, custos e possibilitaria novos atendimentos na região. O terreno seria doado pela prefeitura e o terminal construído com recursos do Governo do Estado. Já estamos trabalhando para tentar incluir esta obra nos projetos do Governo para 2020”, destacou Santos.

Ao final da sua fala, o presidente destacou a importância do encontro. “O que nos traz aqui hoje é a garantia e o compromisso dessa relação franca e transparente com os municípios da Região Metropolitana de Curitiba. Sabemos que existem problemas, sabemos que não vamos conseguir resolver todos eles num curto prazo ou da maneira que a população espera, mas não vamos nos omitir quando houver qualquer tipo de cobrança por melhorias do Transporte Coletivo”.

O vereador Dika Nalifico, que teve a iniciativa do convite feito à Comec, agradeceu a presenta do presidente na sessão, que disse ser de fundamental importância como forma de “explicação e prestação de contas para nossa população”. “Quero deixar o nosso agradecimento à Comec e sua equipe, pelo tratamento que vocês nos deram e principalmente por este retorno, muito importante para nós, vereadores, que somos constantemente cobrados por isso”, destacou o vereador.

O convite foi feito via ofício, assinado pelos 11 vereadores do município, e protocolado na Comec no dia 29 de Abril.

Participaram da sessão o Chefe de Gabinete da Presidência da Comec Gabriel Hubner, o Diretor de Transporte Willian Correa, o Técnico Lucas Yuri Pohl, vereadores de Itaperuçu e sociedade civil.

Foto da sessão na camara de rio branco

Foto: Gabriel Hubner

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.