COMEC

Notícias em Destaque

14/11/2017

Projeto da Defesa Civil padroniza procedimentos na RMC

Para reduzir o risco de desastres nas cidades vizinhas, Curitiba está encabeçando um projeto para padronizar procedimentos de primeiro atendimento a emergências. Por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, a ideia é integrar os protocolos de ação dos grupos atuantes nos municípios da Região Metropolitana, com um curso de gestão a ser ofertado aos interessados.
A iniciativa foi apresentada à Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), em reunião realizada no dia 10 de novembro, com o diretor-presidente da instituição, Omar Akel, o assessor técnico da Comec, Claudio Menna Barreto.
"É extremamente positiva essa integração uma vez que os desastres naturais não respeitam as fronteiras municipais", disse Omar Akel.
“Pela sua experiência, Curitiba é referência no estado do Paraná em Defesa Civil. Queremos contribuir com a disseminação de métodos, formação de estrutura e sistemas disponíveis para auxiliar em situações que requerem uma resposta rápida”, explica o coordenador técnico da Defesa Civil de Curitiba, Nelson de Lima Ribeiro.
Com conteúdos teóricos e práticos, o objetivo da instrução é mostrar a formação e a aplicação da estrutura de defesa civil, apresentar a ferramenta de gestão Sistema de Comando de Incidentes (SCI), atendimento de emergências com produtos perigosos e possibilidades de avaliação de risco em edificações e imóveis.
De acordo com Ribeiro, os municípios de Campo Magro, Quatro Barras, Campina Grande do Sul, Fazenda Rio Grande e Quitandinha já demonstraram interesse na capacitação.
Integração - A importância do desenvolvimento de um trabalho conjunto também foi tema de encontro da equipe da Defesa Civil de Curitiba com servidores da prefeitura de Quitandinha, na quinta-feira (9/11). “As ações de prevenção e a gestão integrada devem ser prioridade como ferramenta para a redução de riscos de desastres”, enfatizou Ribeiro.
Na ocasião, o coordenador técnico da Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi), Marcelo Solera, falou sobre a necessidade de criação de uma estrutura como a Cosedi em cada município para, além de trabalhar na prevenção de riscos de desastres, poder atuar em fiscalizações das áreas mais sensíveis e de construções.

Fonte: PMCuritiba

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.