COMEC

Notícias em Destaque

17/04/2017

Lei oficializa RMC como Rota do Pinhão

Foi sancionada em março a Lei Estadual 18.959/2017 que institui a Região Turística Rotas do Pinhão. De acordo com o texto, a rota abrange 16 municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e passa a fazer parte do Roteiro Turístico Oficial do Estado do Paraná.
O projeto de lei aprovado na Assembleia Legislativa do Paraná, que serviu de base para a lei, tem o objetivo de dar mais visibilidade ao roteiro turístico da RMC e fomentar a divulgação e visitação aos parques, restaurante, museus e igrejas da região. A Rota oferece atrações como centros históricos, cachoeiras, cafés coloniais, igrejas antigas, artesanato, sítios e fazendas.
O nome da capital dos paranaenses, Curitiba, é de origem indígena e significa “terra dos pinheirais, terra de muito pinhão”. E as famosas Araucárias, pinheiro que tem como semente o pinhão, não são vistas apenas na capital e sim em diversas cidades do Paraná e, principalmente, na Região Metropolitana de Curitiba.
Os municípios que compõem a Rota do Pinhão são Araucária, Balsa Nova, Bocaíuva do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Curitiba, Lapa, Piên, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Negro, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul.
Nesses locais o turista poderá visitar, além dos conhecidos parques e centros gastronômicos de Curitiba, o Caminho do Guajuvira, em Araucária; o Caminho do Vinho, em São José dos Pinhais; o Circuito Italiano de Colombo; a Gruta do Monge, na Lapa; o Mosteiro Trapista, em Campo do Tenente, entre outras diversas atrações.

Fonte: Alep

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.