COMEC

Velhas - Notícias_destaques

25/03/2014

Governador inaugura indústria em Quatro Barras

O governador Beto Richa participou, no dia 25 de março, da inauguração da nova sede da metalúrgica Metalkraft, em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A empresa, do setor automotivo, investiu R$ 30 milhões na construção da nova estrutura, que tem 12 mil metros quadrados. Uma parte dos recursos foi financiada pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Com o investimento, a capacidade produtiva da indústria aumentou em 20% em relação antiga instalação, em Pinhais. A fábrica gera hoje 520 empregos. São fabricadas cerca de 600 toneladas de peças por mês para atender o setor automotivo brasileiro, nos segmentos de fundição sob pressão e usinagem.

“Mais uma grande indústria que acredita no Paraná e que tem contribuído para o desenvolvimento social e econômico da Região Metropolitana de Curitiba”, disse o governador Beto Richa, ao lado do presidente da Metalkraft, José Luis Rauch, e do prefeito de Quatro Barras, Loreno Tolardo. Richa destacou o papel do BRDE no fortalecimento dos investimentos privados no Paraná. Especificamente na Metalkraf, o apoio do banco vem desde 2011, desde que estava em Pinhais, com uma carteira de investimento que atinge cerca de R$ 15 milhões. Dentre os projetos apoiados estão a construção de nova sede e novas instalações, a aquisição de equipamentos e capital de giro associado.

“Nunca tivemos tantos recursos do BRDE para o financiamento de empresas como nessa gestão”, disse o governador. Ele afirmou que a postura do governo estadual, de diálogo e de valorização dos investimentos privados, permitiu a criação de um ambiente favorável aos negócios no Paraná. “Com planejamento e bons programas, como o Paraná Competitivo, conseguimos resultados que geram prosperidade para todos os paranaenses”, disse ele.

Em três anos, foram confirmados cerca de R$ 30 bilhões em novos investimentos industriais no Estado, com potencial para criar 180 mil novos empregos, sendo que mais de 70% deles no interior. “Estamos descentralizando os investimentos para que o Paraná se desenvolva de forma homogênea”, explicou. O governador enfatizou o bom desempenho da economia paranaense, que apresenta índices de crescimento bem acima do Brasil. Em 2013, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil registrou crescimento de 2,3%. O PIB do Paraná cresceu 5%, mais que o dobro do nacional. “Outro indicador importante é que o Paraná, embora seja o sexto estado em número de habitantes e a quinta economia do País, foi o terceiro maior gerador de empregos no ano passado, como atesta pesquisa do Ministério do Trabalho”, disse Richa.

O prefeito de Quatro Barras, Loreno Tolardo, disse que a instalação da Metalkraft irá trazer inúmeros benefícios econômicos e sociais para a população da cidade e destacou o trabalho do governo estadual para atrair mais indústrias para região. “O governo criou condições para que as empresas paranaenses conseguissem ampliar a produção e também atrair novos empreendimentos. O Paraná evoluiu e, consequentemente, os municípios também”, afirmou o prefeito.

ENTRE AS MAIORES - Fundada em 1983, a Metalkraft é uma das principais produtoras de peças em ferro e alumínio para o setor automotivo do país e está entre as maiores empresas instaladas em Quatro Barras, nos últimos anos. É fornecedora, entre outras, para a General Motors, Fiat e Mercedes Benz. O presidente da empresa, José Luis Rauch, explicou que a ampliação da fábrica irá gerar novos postos de trabalho e ampliação das receitas. A expectativa é que o faturamento, que foi de R$ 95 milhões em 2013, atinja a R$ 117 milhões em 2014, um aumento de 25%.

Rauch avaliou ainda a contribuição do governo estadual para que o investimento se viabilizasse em Quatro Barras. “O Estado foi fundamental dando todo o suporte que precisávamos para efetivar esse investimento. Para acompanhar e se manter no mercado automotivo cada vez mais competitivo, era necessário investir em tecnologia e receber esse apoio do governo”, afirmou ele. O presidente lembrou, ainda, que a Metalkraft foi fundada durante o governo do José Richa.

O aspecto ambiental da empresa também foi destacado pelo presidente. Rauch explicou que a Metalkraft conta com rigorosos processos de destinação e reaproveitamento dos resíduos sólidos e líquidos produzidos diariamente na fábrica. Hoje, 100% do metal e alumínio são de fontes renováveis, minimizando assim a utilização dos recursos naturais. Internamente, a fábrica também conta com um processo de reaproveitamento de resíduos sólidos. Toda sobra de material que eventualmente poderia ser descartada durante o processo produção é reutilizado para fabricação de novas peças.


Fonte: AENoticias

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.