COMEC

UTP

UNIDADES TERRITORIAIS DE PLANEJAMENTO

As UTPs são espaços territoriais que sofrem pressão por ocupação e estão situados em áreas urbanas dos municípios integrantes das áreas de interesse de proteção de mananciais. Em geral, têm a finalidade de efetuar a transição entre áreas urbanas já consolidadas e as áreas de maior restrição ambiental como as APAs, e/ou áreas rurais. (COMEC, 1998).
Na aglomeração urbana metropolitana existem cinco UTPs regulamentadas por legislação estadual, que são a UTP de Pinhais, do Guarituba, do Itaqui, de Quatro Barras e de Campo Magro. Essas unidades foram consideradas as áreas com maior pressão por ocupação, dentre as áreas de interesse de proteção de mananciais, haja vista a sua proximidade com o pólo metropolitano e acessibilidade viária.
O planejamento das UTPs foi efetuado com base na realidade já instalada, com loteamentos de alta densidade implantados que tinham sido aprovados em décadas anteriores, utilizando como parâmetro balizador a densidade máxima de uma moradia a cada 2.000 m² em média, considerando a capacidade de suporte de tratamento de esgoto e de drenagem.

UTP Guarituba
UTP Itaqui
UTP Pinhais
UTP Quatro Barras
UTP Campo Magro
Recomendar esta página via e-mail: