No mês da bicicleta, Comec lança campanha para incentivar modal
09/09/2021 - 12:06

A Comec possui entre suas principais funções a Coordenação do Transporte Coletivo Metropolitano, o Planejamento da Mobilidade Urbana e o Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental da Região Metropolitana de Curitiba. Por isso, neste mês de Setembro, em que tradicionalmente celebra-se o mês da bicicleta, a Comec lançou uma campanha buscando incentivar o uso da bicicleta de forma integrada ao Transporte Coletivo.

A campanha está disponível nas redes sociais da Autarquia e em pontos de mobiliários urbanos digitais espalhados pela cidade. Segundo o presidente da Comec Gilson Santos, o objetivo é incentivar o uso da bicicleta como um modal complementar ao ônibus. “Na Região Metropolitana, muitas vezes trabalhamos com grandes distâncias, o que pode inviabilizar o uso da bicicleta. Mas queremos mostrar que a bicicleta pode ser um modal complementar ao sistema de transporte coletivo, possibilitando uma conexão da casa dos usuários, por exemplo, até o terminal”.

Na Região Metropolitana, o Terminal de Campo Largo é uma referência na utilização da bicicleta no quilometro final do trajeto e o fato é constatado pelo grande número de bicicletas estacionadas no bicicletário do terminal. “Os campo-larguenses perceberam as vantagens de se complementar o trajeto com a bicicleta e a utilização é tanta que já estamos estudando ampliar o bicicletário existente no terminal”, destacou Santos.

A pandemia também foi uma grande incentivadora do uso da bicicleta. David Peterle, diretor da Oggi Bikes, atualmente o maior fabricante nacional do mercado de bicicletas no segmento especializado, explica que o crescimento neste ano de pandemia foi 3 vezes maior do que o projetado. Muito deste crescimento está vinculado aos benefícios trazidos com a utilização da bicicleta, como por exemplo: baixo custo, estilo de vida mais saudável e sustentável, e o surgimento de novas tecnologias como as bicicletas elétricas.

Pesquisas apontam, porém, que um dos grandes impeditivos ao uso mais abrangente da bicicleta ainda é a falta de infraestrutura para o modal, o que exige além de conscientização, investimentos no setor, ações que também estão na agenda de atividades da Comec. “Entregamos recentemente as obras na Av. das Américas, em São José dos Pinhais, adicionando 2 quilômetros de ciclovias a malha do município; lançamos o edital do projeto de pavimentação da rodovia de ligação entre Mandirituba e São José dos Pinhais, que deverá contemplar ciclovias em todos os 27 quilômetros da sua extensão; estamos trabalhando na elaboração de projetos para ampliação e implementação de bicicletários em terminais; e na implementação de uma nova ciclovia ligando o centro de Piraquara ao Terminal de Pinhais. Todos projetos que buscam incentivar o uso da bicicleta e torná-la mais segura para os cidadãos”, destacou Santos.

Últimas Notícias